Curso Preparatório para o Concurso da Saúde Mental (CAPS/RAPS) Fortaleza (FECHADO)

Curso Preparatório para o Concurso da Saúde Mental (CAPS/RAPS) Fortaleza (FECHADO)

Seu Estado
Não Inscrito
Preço
Fechado
Comece Agora
This curso is currently closed
Curso
Chat

Resumo Geral

  • 200 alunos matriculados 60 Horas (Carga Horária total)
  • 200 alunos matriculadosCertificação Válida
  • 200 alunos matriculadosNota de Aula
  • 200 alunos matriculadosEsquematizados
  • 200 alunos matriculadosExercícios de fixação
  • 200 alunos matriculadosVídeoaulas
  • 200 alunos matriculadosFóruns de Tira dúvida direto com as Professoras200 alunos matriculados
  • 200 alunos matriculadosInicio: 20.07.2018
  • 200 alunos matriculadosTérmino: 01.10.2018

Valor: R$ 350,00 (à vista e parcelado)

SOBRE O CURSO

Após anos de luta, enfim a prefeitura de Fortaleza promulgou a lei que autoriza o concurso da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) para provimento efetivo de servidores municipais na área da Saúde Mental.

O concurso, conhecido como concurso CAPS (Centros de Atenção Psicossocial), já se encontra com edital publicado. No conteúdo do edital, a base é legislação em saúde e Saúde Mental. E é esse nosso foco no Preparatório Online para o Concurso da Saúde Mental – Fortaleza (Bloco I)

O conteúdo base desse preparatório essencial que certamente será foco do edital deste concurso será (*leia abaixo o conteúdo detalhado com cada legislação constante no curso):

– Legislação da Saúde;
– Reforma Psiquiátrica e os Aspectos Conceituais, históricos e Políticos;
– Política e Legislação da Saúde Mental;
– Política e Legislação sobre Drogas.

 

– Alem de apresentar/discutir/explicar os conteúdos através de videoaulas, notas de aulas, material complementar completo e/ou esquematizados, teremos no curso um fóruns de discussão por temática para você tirar dúvidas direto com as professoras.

– Ahhhh e todo o material foi produzido especificamente para este concurso com notas de aulas direcionadas e bem completas!

– De forma didática, objetiva e esquematizada os assuntos são apresentados em videoaulas ou esquemas, exercitados através de questões de concurso e discutidos através dos fóruns de discussão.

– Um outro recurso fundamental são os roteiros e materiais complementares que ajudarão o aluno a direcionar o estudo e focar no que é mais importante em relação a sua preparação.

– O valor de 320,00 será promocional até dia 27.07, após tal data o valor será de 350,00 vem conosco e acessa!

– O período de acesso do curso com material completo iniciará em 20.07.2018 até 01.10.2018 (aumentamos o tempo de acesso), com conteúdo semanal. Garanta sua vaga hoje!

 

  • Resumo:
  •  60 Horas (Carga Horária total)
  • Certificação Válida
  • Nota de Aula
  • Esquematizados
  • Exercícios de fixação
  • Vídeoaulas
  • Fóruns de Tira dúvida direto com as Professoras
  • Inicio: 20.07.2018
  • Término: 01.10.2018
  • Nome do Certificado: Legislação da Saúde e Saúde Mental

.

***Confira Aqui o Conteúdo detalhado

– Reforma Psiquiátrica;

– Atenção Psicossocial ao Uso e Abuso de Álcool e outras drogas e a Política de redução de danos.

– A Política Nacional de Saúde Mental, Direitos Humanos e Cidadania.

– Decreto nº 7.179, de 20 de maio de 2010, que institui o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas, cria o seu Comitê Gestor, e dá outras providências.

– Portaria nº 3.088, de 23 de dezembro de 2011. Institui a Rede de Atenção Psicossocial no SUS – RAPS (republicada em 31.12.2011).

– Lei nº 10.216, de 6 de abril de 2001, que dispõe sobre a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais e redireciona  o modelo assistencial em saúde mental.

– Lei nº 10.708, de 31 de julho de 2003, que institui o auxílio-reabilitação psicossocial para pacientes acometidos de transtornos mentais egressos de internações.

– Lei nº 12.151, de 29 de julho de 1993 – Ceará. Dispõe sobre a extinção progressiva dos hospitais psiquiátricos e sua substituição por outros recursos assistenciais, regulamenta a internação psiquiátrica compulsória, e dá outras providências.

– Portaria Nº 148, de 31 Janeiro 2012. Define Normas De Funcionamento E Habilitação Do Serviço Hospitalar De Referência Do Componente Hospitalar Da RAPS E Institui Incentivos Financeiros De Investimento E Custeio

– Portaria nº 336, de 19 de fevereiro de 2002. Considerando a Lei 10.216, de 06/04/01, que dispõe sobre a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais e redireciona o modelo assistencial em saúde mental

– Portaria nº 121, de 25 de janeiro 2012, Institui Unidade de Acolhimento – UA. Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011, que regulamenta a Lei nº 8080, de 19 de setembro de 1990

-Portaria nº 3.588, de 21 de dezembro de 2017 – Altera as Portarias de Consolidação no 3 e nº 6, de 28 de setembro de 2017, para dispor sobre a Rede de Atenção Psicossocial, e dá outras providências.

– Portaria Nº 122, DE 25 DE JANEIRO DE 2011. Define as diretrizes de organização e funcionamento das Equipes de Consultório na Rua. Portaria nº 2.436, de 21 de setembro de 2017, que estabelece a revisão de diretrizes da Política Nacional de Atenção Básica (PNAB), no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

– Resolução Nº 32, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2017 – Estabelece as Diretrizes para o Fortalecimento da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS)

-Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, dispõe sobre as condições para promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências

-Lei nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990, dispõe sobre a participação da comunidade na gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) e sobre as transferências intergovernamentais de recursos financeiros na área da saúde e dá outras providências

– Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011, que regulamenta a Lei nº 8080, de 19 de setembro de 1990.

– Portaria nº 2.436, de 21 de setembro de 2017, que estabelece a revisão de diretrizes da Política Nacional de Atenção Básica (PNAB), no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS)

– Portaria Nº 971, De 03 De Maio De 2006. Aprova A Política Nacional De Práticas Integrativas E Complementares (PNPIC) No Sistema Único De Saúde.

-Portaria nº 4.279, de 30 de dezembro de 2010, estabelece diretrizes para a organização da Rede de Atenção à Saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

– Portaria nº 825, de 25 de abril de 2016 (redefine a Atenção Domiciliar no âmbito do Sistema Único de Saúde – SUS, e atualiza as equipes habilitadas).

– Portaria Nº 1.600, DE 7 DE JULHO DE 2011. Reformula a Política Nacional de Atenção às Urgências e institui a Rede de Atenção às Urgências no Sistema Único de Saúde (SUS).

-*Portaria de Consolidação Nº 1, 28 DE SETEMBRO DE 2017- DOU Nº 190, DE 03/10/2017. Consolidação das normas sobre os direitos e deveres dos usuários da saúde, a organização e o funcionamento do Sistema Único de Saúde.

-*Portaria de Consolidação Nº 2, 28 DE SETEMBRO DE 2017- DOU Nº 190, DE 03/10/2017. Consolidação das normas sobre as políticas nacionais de saúde do Sistema Único de Saúde.

– *Portaria de Consolidação Nº 3, DE 28 DE SETEMBRO DE 2017- DOU Nº 190, DE 03/10/2017. Consolidação das normas sobre as redes do Sistema Único de Saúde.

– *Portaria de Consolidação Nº 4, DE 28 DE SETEMBRO DE 2017- DOU Nº 190, DE 03/10/2017. Consolidação das normas sobre os sistemas e os subsistemas do Sistema Único de Saúde.

– *Portaria de Consolidação Nº 5, DE 28 DE SETEMBRO DE 2017- DOU Nº 190, DE 03/10/2017. Consolidação das normas sobre as ações e os serviços de saúde do Sistema Único de Saúde.

-* Portaria de Consolidação Nº 6 DE 28 DE SETEMBRO DE 2017- DOU Nº 190, DE 03/10/2017. Consolidação das normas sobre o financiamento e a transferência dos recursos federais para as ações e os serviços de saúde do Sistema Único de Saúde.

.

* As portarias de consolidação do SUS (1,2,3,4,5 e 6) compõem um arcabuço jurídico de mais de mil páginas. Portanto serão priorizados temas dentre desse universo jurídico. Não sendo intenção do curso abordar cada ponto do material consolidado.

OBS: Em agosto lançaremos o Curso 02 (bloco II) deste edital. Nele apresentaremos o conteúdo de Serviço Social específica. Quem estiver matriculado nesse curso terá desconto!

INFORMAÇÕES

– Certificado ao final do curso;
– Quadros, Roteiros e Esquemas para orientar os estudos;
– Fórum de discussão com troca de informações e tira dúvidas;
– Acompanhamento e tira dúvidas com os professores durante todo o período do curso;
– Parcelamento em ate 6 vezes;
– Material complementar para download;
– Slides/Notas de Aula para download;
– Diversos roteiros e esquematizados para download;
– Suporte na elaboração de recursos de questões após a prova.

PROFESSOR (A)

Cynthia Studart Albuquerque
Doutora em Serviço Social na Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Graduada em Serviço Social pela Universidade Estadual do Ceará (2003) e Mestre em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará (2006). Professora do quadro efetivo do Instituto Federal Tecnológico do Ceará – IFCE, do Curso de Serviço Social. Integrante do Grupo de Pesquisa Educação Políticas Públicas e Serviço Social – NEPPSS. Experiência na área de juventude, saúde mental, políticas sobre drogas e assistência social. Autora dos livros ;Assistência Social em Fortaleza: uma política de direito em construção; Transformações contemporâneas, educação e realidade brasileira: a formação profissional em Serviço Social na experiência do IFCE; e ;Drogas e Proteção Social: os desafios da intersetorialidade;. Conselheira do Conselho Regional de Serviço Social – Cress 3ª região, gestão 2017-2020 ;Nossa Voz na Rua Vem Para Lutar..

Erivania Bernardino Cruz
Advogada, Especialista em Direito Público. Com experiência na área de Direito de Família e Direitos Sociais. Docente de cursos de graduação e especialização em Assistência Social e preparatórios para concursos de Assistente Sociais nas áreas de Direitos Sociais e Direito de Família. Sócia Diretora da Pótere Social e Organizadora do Vade Mecum do Serviço Social.

Richelly Barbosa de Medeiros
Assistente Social da Universidade Federal do Ceará. Graduada em Serviço Social pela Universidade Estadual do Ceará (2009). Mestre em Serviço Social, Trabalho e Questão Social pela Universidade Estadual do Ceará (2017). Especialista através do Programa de Residência Multiprofissional em Atenção Hospitalar à Saúde (Assistência em Transplante) pela Universidade Federal do Ceará (2011). Especialista em Gestão em Saúde pela Universidade Estadual do Ceará (2012). Linhas de pesquisa: Educação, Relações Étnico-raciais, Controle Social, Ética Profissional, Saúde Pública, Atenção Hospitalar à Saúde e Assistência em Transplante

Talita de Lemos Araujo
Possui Mestrado em Psicologia – Práticas e Inovação em Saúde Mental pela Universidade de Pernambuco – UPE Campus Garanhuns/PE(2017). Com graduação em Serviço Social pela Universidade Estadual do Ceará (2004). Atua como assistente social do Hospital São José de Doenças Infecciosas. Tem experiência na área de Serviço Social, com ênfase em Serviço Social, Saúde Mental, Políticas de HIV/AIDS, Saúde do Trabalhador. Possui onze anos de experiência em Saúde Mental. Atuou como Coordenadora da Escola de Supervisores Clínico-Institucional do Estado do Ceará em 2015 e 2016.

Please log in to join the chat

Conteúdo do Curso